Informações sobre a Maçonaria em sintonia com a sociedade

MUNDO JURÍDICO, NOTÍCIAS, VAZAMENTOS DA LAVA JATO

VAZOU: PROCURADOR DA LAVA JATO NÃO RESPEITA MORTE DO NETO DE LULA

Pozzobon diz que Lula usou morte do neto como estratégia para se humanizar, “como se fosse possível no caso dele”

Os novos diálogos dos integrantes da força-tarefa da Lava- Jato revelados pelo site The Intercept, em parceria com o UOL,  demonstram a frieza e a insensibilidade dos membros da operação acerca da ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao velório do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, falecido no dia 1 de março deste ano (Leia no Brasil 247). De acordo com as mensagens vazadas, o procurador Roberson Pozzobon disse que Lula estava tentando utilizar a morte do neto como “uma estratégia para se humanizar”. “Como se fosse possível no caso dele”, completou em seguida (Leia no Brasil 247).

O comentário de Pozzobon foi feito logo após um dos coordenadores da operação, o procurador Deltan Dallagnol, postar dois links do portal UOL com notícias sobre o velório de Arthur e de uma ligação feita pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que telefonou para Lula durante o velório para prestar condolências.

(Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert)

Após a postagem de Pozzobon, Dallagnol escreveu que “a estratégia” era outra. “Estratégia para amploar base na esquerda q ê sua aliada desde a questão da execução provisória. Ele pensa no Senado”, postou. A procuradora Jerusa Vieceli complementou o bloco de comentários ao afirmar que “Gilmar não dá ponto sem nó”.

Conheça a TV 247

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=videoseries?list=UURuy5PigeeBuecKnwqhM4yg&rel=0&enablejsapi=1]

Leave a Reply